Nova meta do Mourão é "para Inglês ver"!

28 de Outubro de 2020

 

Na última sexta-feira, dia 23 de outubro, Hamilton Maurão (vice - presidente) anunciou suas "metas" para combater o desmatamento no Brasil em plano estratégico até 2031. Na verdade, ele ignora as metas já existentes em diversos instrumentos de gestão pública como Acordo de Paris, Lei Federal, Acordo do Clima aprovados pelo Brasil.

O vice-presidente, que lidera o Conselho Nacional da Amazônia, um comando militar que atua na floresta, disse que o Brasil persegue a meta de reduzir o desmatamento atual para menos da metade da área degradada, até 2023, chegando a cerca de 4 mil km². 

Assista a análise de André Lima, coordenador do Projeto #Radar #Clima & #Sustentabilidade sobre a nova "medida" de Hamilton Mourão para combater o #Desmatamento no Brasil. Além de ser uma maquiagem, o decreto não cita as áreas que ardem em fogo desde que esse governo tomou posse - Amazônia e Pantanal - o que por si só é uma contradição à fala de Jair que diz "não haver queimadas na Selva Amazônica". 

Dá o Play! 
 

 

Leia também artigo publicado no Estadão - Mais Sustentabilidade Mais Democracia

 

Outros artigos da série:

Muito além dos decretos: as perdas orçamentárias no meio ambiente

Urgência econômica pede sustentabilidade para a Reforma Tributária

Consenso Verde na Câmara é pra valer ou pra inglês ver?

“De impeachment ministerial à Reforma Tributária verde, debate ambiental segue intenso no Parlamento”